9 Comments

  1. Avatar Valesca de Assus
    3 de novembro de 2018 @ 06:52

    Muito bonito e verdadeiro!

    Reply

    • Lúcia Mattos Lúcia Mattos
      7 de novembro de 2018 @ 23:59

      Criei coragem de dividir meu “ano sabático” e tantos comentários positivos me trouxeram a certeza de que nós mulheres passamos por tantas dúvidas e inseguranças que, se dividirmos isso uma com as outras, o mundo certamente será melhor. Beijos

      Reply

  2. Avatar Corina Breton
    3 de novembro de 2018 @ 23:17

    Lucinha, em que mulher/ser humano/ profissional/ filha/ mãe /esposa/amiga, resultaste. Tudo sem perder a meninice, a brejeirice, a meiguice, a faceirice daquela criança que eu adorava receber em minha casa, com tua mãe, a doce Valesca e, com quem , era uma delícia briincar, de quem já se percebia a inteligência, a curiosidade , a generosidade, a vivacidade. Uma bonequinha linda à época , uma linda mulher hoje.
    Escreveste um texto corajoso e veraz, que li, como se estivesse te escutando falar. Parabéns, minha querida! Continua bem assim, apaixonada pelo viver, junto à família amorosa que soubeste formar. Te desejo sempre sucesso e todas as alegrias. Meu abraço vai, levando votos de Feliz aniversário!

    Reply

    • Lúcia Mattos Lúcia Mattos
      7 de novembro de 2018 @ 23:56

      Obrigada minha querida “madrinha de coração”! Escrevi de coração aberto e fico feliz que minha história tenha tocado tantas mulheres! A vida não é fácil, mas estar disposta a aprender, em qualquer tempo, é o que faz a diferença na busca da felicidade. Beijos amoroso!

      Reply

  3. Avatar Maira Ritter
    5 de novembro de 2018 @ 06:43

    Lúcia, exatamente assim! Me identifiquei com teu texto, pois desde o início do ano quando João Caetano nasceu, resolvi desacelerar e curtir a maternidade. Encarei como umas “férias” mas, na verdade, não eram férias e sim, um também quase ano sabático. Trabalho desde os 18 anos e sempre fui ligada no 220V. Agora aos 40, me permiti curtir este momento maravilhoso com meu gurizinho, e entrei em uma nova rotina, totalmente diferente da minha vida até então. E assim, também descobri muitas coisas. Obrigada por compartilhar este teu lindo texto. Sucesso no novo job! Beijo!

    Reply

    • Lúcia Mattos Lúcia Mattos
      7 de novembro de 2018 @ 23:54

      Puxa, Maira, um retorno como o teu me deixa muito feliz. Escrevi de coração aberto e vi que muitas mulheres se identificaram com a minha história, que na verdade nao é minha, mas de todas nós. Cada uma de nós sabe de si, do seu momento e da melhor hora de fazer escolhas, mas poder parar, prestar atenção ao momento e avaliar as prioridades já é meio caminho andado para as melhores escolhas, não é? Beijo carinhoso.

      Reply

  4. Avatar Sandro macedo
    23 de janeiro de 2019 @ 22:58

    Parabéns,lúcia.Acompanho teu trabalho e do leonardo desde da década de 90.Imagino o que esta mudança deva ter significado pra vocês.Lindo texto.Tudo de bom nesta nova jornada.

    Reply

    • Lúcia Mattos Lúcia Mattos
      23 de janeiro de 2019 @ 23:28

      Obrigada Sandro pela leitura e comentários! Obrigada pelo carinho.

      Reply

  5. Avatar Ana Lúcia Neves dos Santos
    1 de maio de 2020 @ 21:05

    Lúcia, como meu ano passado foi confuso, em função do enfarto, guardei tudo para ler este ano, inclusive teus texto, mesmo lendo somente agora, depois da tua volta, é impressionante como consigo te escutar dizendo estas palavras. Acompanhei teu período em São José do Rio Preto, imagino como passastes tuas fases de adaptação, mas, como excelente em tudo que fases te virastes. Parabéns a Valesca que criou e orientou um exímio exemplar. Bjs

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *